PHOTO-2021-02-02-11-42-43.jpg

Joias AFRICANAS

por BJW

A palestra “Joias Africanas” ministrada por Renato Araújo: estudioso da
história do continente africano, autor de livros, curador e especialista em joias
africanas, proporcionou, de maneira interessante e bem ilustrada, uma aula da herança afro-brasileira dos adornos, dos costumes, da música, das técnicas da joalheria, entre outros tópicos relevantes, com olhar atento, no percurso da história da colonização portuguesa. Em meio a imagens e acompanhados da simpatia de Renato Araújo, desmistificamos termos antigos e pejorativos enraizados no imaginário popular, termos que, segundo Renato, foram deturpados para inferiorizar os negros e justificar a escravidão.

A migração dos povos, das diferentes regiões do continente africano,
foram influenciadas e influenciaram: portugueses, franceses, árabes, indianos e, o que resultou dessa miscigenação de corpos, de costumes, de artefatos, de religiosidade, Incorporaram-se e se multiplicaram em novas vertentes e características ao redor do mundo. O passeio pela África explora horizontes e expõe raízes e frutos da miscigenação étnica e estética. A viagem pelo continente africano mostra os aspectos da joalheria: o valor da joia como mercado de troca, o simbolismo, os rituais , como objetos de cura e proteção. Enfim, podemos verificar a exuberância das joias africanas e os motivos pelos quais nos identificamos com a maneira de ser de outros povos, origens de uma única raça – a raça humana.

Se inscreva para receber mais novidades
  • Instagram

IDEALIZAÇÃO: CHRISSIE BARBAN & JOSETTE BARBAN